Mediunidade: Como ser um Médium e Guias Espirituais

O que é ser médium?

Desde o surgimento da escrita era possível encontrar relatos de pessoas que diziam se comunicar com os mortos. O termo mediunidade for criado no século XIX por Alan Kardec, um pedagogo francês que organizou as bases do espiritismo e acreditava que um médium seria qualquer pessoa capaz de registrar as ideias dos espíritos, servindo de intermediário entre o mundo carnal e o espiritual.

A mediunidade é algo que não tira a condição dos médiuns viverem normalmente em sociedade, saírem para dançar, irem a festas etc. Os médiuns são pessoas comuns, trabalhando em empregos comuns, sejam empregados em serviços públicos, privados ou autônomos.

A mediunidade deve ser sempre vista para o coletivo e nunca para auferir vantagens próprias, em geral a mediunidade nunca beneficia seu próprio portador, ela é manancial, de luz para os outros.

mediunidade

Como ser um médium?

A mediunidade é algo espontâneo, ela surge sem consentimento do médium ou de que ele tenha que a desenvolver por meio de técnicas, e mesmo para o médium, a mediunidade só aparece quando os espíritos superiores permitem.

Mediunidade e ciência

A mediunidade não passou despercebida para os pais da psicologia e psiquiatria. Pierre Janet e Freud associaram-na com a psicopatologia, já Carl Gustav Jung e Willian James aceitaram a possibilidade de um caráter não doentio, mas não chegaram a excluir a possibilidade de atuação de um espírito sobre um paciente.

Mediunidade em crianças

Alguns estudiosos do assunto acreditam que os fenômenos mediúnicos podem ter uma incidência maior durante a infância, que seria uma fase mais propicia para se registrar o mundo dos espíritos, já que a criança ainda estaria em fase de adaptação de uma possível vinda do mundo espiritual.

Guias espirituais

guia-espiritualMuitos médiuns descrevem experiências com guias espirituais, que seriam espécies de anjos guardiões, todos nós teríamos um, a diferença é que para alguns médiuns, o contato com seus guias seria tão natural como conversar com um amigo.

Espiritismo no Brasil

O espiritismo é uma das religiões que mais utiliza a mediunidade em suas práticas religiosas. O Brasil é o maior em seguidores dessa religião, totalizando cerca de 20 milhões de pessoas entre adeptos e simpatizantes. São mais de 13 mil instituições espíritas no país, a maioria realiza sessões mediúnicas com frequência, para atendimento do que definem espíritos em sofrimento, que seriam suicidadas, homicidas, vitimas de mortes repentinas ou pessoas mortas em uma infinidade de situações de grande negatividade. O maior objetivo das sessões seria ajudá-los de alguma forma, muitos desses espíritos ainda estariam ligados à interesses e pessoas da Terra.

Espiritualismo

paz-de-espiritoQuem são os espíritos? Somos nós mesmos, do outro lado da vida, depois da morte. E quem somos nós? Somos eles, quando voltamos, numa nova vida, que o espiritismo chama de reencarnação.

Os espíritos poderiam existir sem que o próprio mundo material existisse, se disséssemos que tudo que estamos vendo é o que é aparente, e o que nós não vemos é o que é real, seríamos chamados de loucos, mas o que é realidade e o que é irrealidade? O que é permanente e o que é impermanente?

A matéria é toda transitória, o espiritual é o que é permanente, sólido, que existe desde sempre, e que poderia existir independente da existência da matéria, de forma que os espíritos são uma realidade, e os espíritos desencadernados, aqueles que já estão sem um corpo físico, somos nós, amanhã.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido!